O Grupo de Teatro do Instituto São José chega ao seu trigésimo ano de existência com um duplo motivo de comemoração. Neste ano de 2016, a comunidade educativa do Instituto São José celebra com muita alegria os seus noventa anos de fundação. E, para uma ocasião como esta, o Grupo de Teatro não poderia encerrar suas atividades de outra forma, senão através do riso.  Afinal, é na capacidade de rir de si mesmo que reside a grande qualidade do homem. Como coloca o pensador francês Henri Bergson (1859-1941), “não há comicidade fora do que é propriamente humano”. Assim, o grupo formado pelos alunos dos 9º anos ao 3º ano do Ensino Médio levam ao palco da nossa escola, mais um clássico do teatro brasileiro escrito por Artur de Azevedo, em 1904: O Mambembe.

A peça aborda as dificuldades de se fazer teatro num momento em que o Brasil ainda dava os primeiros passos na realização de uma arte genuinamente nacional. O Mambembe vem recheado de referências e construções que perpassam diversas temáticas da nossa cultura, como A Festa do Divino, a dança da catira e do cateretê, a cultura de sociedades e agremiações lítero-dramáticas, que eram muito comuns no Rio de Janeiro no início do século XX.

O termo mambembe remonta às tradições da Idade Média, por volta do século XII quando artistas, malabaristas, cantores e atores viajavam em grandes carroças com espetáculos itinerantes, apresentando em praças e feiras das cidades por onde passavam.

O Mambembe teve a sua montagem de maior sucesso no ano de 1959, quando o Grupo “Teatro dos 7”, formado por Ítalo Rossi, Fernando Torres, Fernanda Montenegro, Sérgio Brito, Renato Consorte, entre outros, decidiram montar a peça sob direção do italiano Gianni Ratto. Foi então neste ano que a protagonista Laudelina, hoje representada pela aluna do terceiro ano do Ensino Médio Victória Marton, ganhou vida no corpo e na voz da jovem atriz Fernanda Montenegro. A peça foi um grande sucesso, recebeu inúmeros prêmios do público e da crítica e Fernanda Montenegro ganhou o prêmio de melhor atriz.

Agradecemos, antes de tudo, a Deus, pelos noventa anos de nossa escola, e por guiar os caminhos na trajetória artística e pedagógica do Grupo de Teatro do Instituto São José, em cada apresentação, a cada peça realizada durante 30 anos. À direção do Instituto São José, na pessoa da Irmã Lúcia Maistro, por apoiar com tanto carinho e proximidade, o trabalho deste grupo já há muito tempo. Agradecemos aos funcionários, professores, assistentes de turma e orientadores pois também são personagens fundamentais de nosso enredo. Ao Professor Fausto Padilha, fundador deste grupo, que durante 25 anos dirigiu as peças com tanto carinho, dedicação e qualidade. O Grupo de Teatro do Instituto São José, dedica esta montagem a todos os alunos e ex-alunos que, nesses trinta anos fizeram parte desta história e ajudaram a construir a nossa cena. A todos o nosso muito obrigado.

Informações sobre a apresentação:

Dias: 25 e 26 de novembro
Horário 20h
Valor: R$ 5,00 reais
Local: espaço Cultural D. Bosco